MARINGÁ É AQUI!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Sou um dos tantos PJoteiros que estes dias gostaria de estar pegando suas malas e seguindo rumo a Maringá/PR, mas que por motivos de estudos, trabalhos ou até mesmo de estrutura, não poderá se fazer presente no 10º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude - ENPJ. Pelo que se acompanha (principalmente pelas redes sociais, sites e blogs da PJ), a atividade deve balançar o Brasil e a juventude católica que busca viver esta espiritualidade libertadora.

Espera aê! Não é porque não irei a Maringá que não estarei no ENPJ deste ano. E vou participar sim. Como? Ora, existe algumas formas de experimentar, refletir e celebrar uma Igreja Jovem, ainda que não esteja presencialmente no encontro e eu vou lhe dizer como.

A primeira delas é em COMUNHÃO. Esta unidade em torno de uma causa e do Reino, faz de nós “um só corpo e um só Espírito”. PJoteiro(a) quando vai para qualquer atividade pastoral, leva em sua mochila da esperança as vozes dos(as) diversos(as) jovens de sua comunidade, bairro, cidade, estado... que se une aos outros sotaques a gritar: “A Juventude quer viver”. Aliás, ninguém nunca está só quando se é PJoteiro(a): tem sempre alguém em vigília por nós, em sintonia com o Pai. E não será diferente com os(as) diversos(as) companheiros(as) que já estão a caminho deste grande “ajuri”. Além do mais, no coração de quem fica, permanece a expectativa do retorno com a partilha dos bons frutos colhidos através das diversas experiências trocadas nestes dias em Maringá.

A segunda está relacionada aos meios de COMUNICAÇÃO. Recordo do último ENPJ realizado em Natal/RN e da Ampliada Nacional realizada em Imperatriz/MA onde parecíamos estar reunidos(as) numa mesmo lugar com a ajuda das novas tecnologias. Entrelaçados(as) nas teias da comunicação, conseguíamos acompanhar instantaneamente o que estava acontecendo através das mídias sociais. E mais do que isso: participávamos através de mensagens enviadas aos participantes, num feed-back das bases ao compromisso destas lideranças que ali representavam seus regionais.




E neste não será diferente. O carinho que a Pastoral da Juventude do Regional Sul 2 da CNBB, a coordenação e assessoria nacional da PJ e nossas parceiras está dedicando a esta atividade, mostra o sabor e nos fazem vislumbrar caminhos de esperança! Um impulso de mística e construção do bem viver e de reencantamento à utopia.

Nestes dias de 10º ENPJ, Belém também será Maringá! Ainda que estejamos no outro extremo do Brasil, celebraremos também nos grupos de jovens da metrópole da Amazônia, com as diversas lideranças do meio da juventude, tecendo relações. Onde houver PJoteiros(as), dançaremos esta ciranda da vida, com amor e sem medidas.

1 comentários:

EDNEY MANAUARA - PJ - CONJUVE disse...

Com Certeza podemos fazer do espaço onde estamos. Eu aqui de Manaus tb posso dizer que Maringá é Aqui!

Estamos em Sintonia mesmo com o #10ENPJ. Primeiramente pela COMUNHÃO com nossos irmãos, nossas irmãs companheiros e companheiras de Missão.

Feliz por ver tantos rostos novos naquele espaço! Novos Rostos indicam renovação, novo sangue, revitalização... Sinal de VIDA! Então vamos dançar essa CIRANDA DA VIDA para AMARMOS SEM MEDIDA, Pois SOMOS IGREJA JOVEM!

Postar um comentário